Colour-small.png Respostas

Como se preparar para cirurgia de construção do estoma.

É normal pensar como sua vida se transformará após a construção do estoma e como você irá conviver com essa mudança. Estamos aqui para ajudá-lo.

A melhor forma de sentir-se seguro é obtendo informações sobre sua nova condição de vida com a equipe de profissionais de saúde. Descubra a seguir o papel que cada um no seu processo de recuperação bem como as perguntas que devem ser feitas quando encontrá-los.

Seu cirurgião lidera a equipe

Na consulta de pré-operatório, o cirurgião orientará que cirurgia será realizada e qual o tipo do seu estoma. Também explicará se o estoma será temporário ou definitivo. Nessa consulta, o cirurgião também poderá indicar um enfermeiro estomaterapeuta (especializada no tratamento da estomia).

A Enfermeira especializada em estoma é seu melhor auxilio

A enfermeira especializada em estoma ou estomaterapeuta são profissionais que irão instruí-lo sobre sua nova condição com a estomia. Elas serão sua referência durante seu convívio com a estomia. Caso consiga ser avaliado por um estomaterapeuta antes da cirurgia, ela o preparará e o orientará sobre a cirurgia e sua nova condição de vida com um estoma. Na consulta de pré-operatório, o estomaterapeuta perguntará sobre seu estilo de vida e hábitos pessoais. A partir dessa conversa, a enfermeira e o cirurgião indicarão o local adequado para seu estoma. Assim, no dia da cirurgia, o estomaterapeuta demarcará o local adequado no seu abdome para o cirurgião construir o estoma.

Caso queira encontrar outra pessoa estomizada, o enfermeiro estomaterapeuta-poderá indicar uma associação de estomizados ou combinar uma visita com um paciente estomizado.

Caso não haja um estomaterapeuta antes da cirurgia, é possível entrar em contato com o Programa Me+ ConVocê. Nós podemos orientá-lo.

Escolha do local adequado para o estoma

O primeiro passo para prevenção de complicações é a seleção do local adequado para o estoma. Um estoma mal localizado dificulta a adaptação do sistema de bolsa, favorecendo a infiltração do efluente e problemas de pele.
Se houver tempo, é importante discutir com o cirurgião o melhor local para o estoma. Dependendo da condição médica ou da lesão, isso poderá acontecer no consultório do cirurgião ou no hospital. Segue alguns critérios que devem ser observados:

  • O local do estoma deve ser de fácil visualização e alcance, permitindo o autocuidado.
  • Evitar locais próximos a dobras cutâneas, cicatrizes, inclusive a umbilical, proeminências ósseas para uma melhor adaptação do sistema de bolsa na pele periestoma.
  • O posicionamento deve ser avaliado com o paciente sentado, em pé e curvado.

Outras perguntas que talvez deseje fazer

Enfrentar uma cirurgia pode ser difícil e estressante e você poderá não se lembrar de todas as perguntas que deseja fazer durante as consultas pré-operatória. Escrever uma lista de dúvidas e levá-la nessas consultas possa ajudá-lo a ter certeza de que todas as suas preocupações serão esclarecidas.

É interessante, um amigo ou familiar próximo levar com você nas consultas um amigo ou familiar próximo para fazer anotações e oferecer apoio.

Aqui estão algumas perguntas comuns feitas por pessoas que já passaram por uma cirurgia de estomia:

  • Descreva meu estoma para mim (altura, posição, tamanho, aparência). O que devo esperar?
  • Meu estoma será definitivo ou temporário?
  • Como o estoma funciona?
  • Meu estoma ficará visível sob as roupas?
  • Como é uma bolsa coletora (tamanho, tipos, cores, estilo)?
  • Como troco a bolsa?
  • A bolsa vazará?
  • Como obtenho as bolsas?
  • Quanto custa?
  • Terei que mudar minha alimentação?
  • Quando poderei voltar a trabalhar?
  • Poderei sair com minha família e amigos?
  • Como meu estoma afetará minha vida sexual?
  • Poderei viajar?
  • Onde posso encontrar mais ajuda e apoio?
  • Precisarei de um cuidado especial quando for para casa?
  • Meu convênio cobrirá o custo dos materiais de estomia?
  • O SUS fornece as bolsas?